“As palavras de ordem são humildade, trabalho e ambição.”

José Horta, treinador dos Juvenis “B”, analisou o arranque na temporada.

Os Juvenis “B” estão a ter um arranque de campeonato excecional: 6 jogos, 5 vitórias e 1 empate, que lhes vai dando o segundo lugar na AFL Divisão de Honra.

O treinador, José Horta, não nega o excelente arranque: “Não posso negar. É efetivamente um excelente arranque. Especialmente quando das 6 equipas que lutam para o topo, já jogámos contra 4 delas. No entanto é apenas isso. Não existem campeões no inicio de época. Não importa como iniciamos, mas sim como acabamos. Temos um grupo muito unido e as palavras de ordem são humildade, trabalho e ambição.”

Sobre a competição, José Horta afirma que está recheada de qualidade, e apesar de a equipa ser mais nova comparativamente aos adversários, o objetivo “é sempre o mesmo. Formar a ganhar. Não importa se é contra Benfica, Porto, Sporting ou Barcelona. Foi esta a mentalidade que me foi incutida há 15 anos. Lutar para ganhar todos os jogos, crescer, evoluir e melhorar. É esta a mentalidade que passamos aos mais novos e é esta a mentalidade do clube. O resto vem por acréscimo.”

A evolução tem sido positiva, mesmo com a pandemia COVID-19: “As gerações “COVID” são compostas por atletas que não tiveram um processo evolutivo normal. As paragens e os ciclos intermitentes competitivos tiveram consequências graves na formação de jovem atletas. É sem duvida um desafio para todos os treinadores de formação. Tivemos que nos reinventar face às dificuldades, e hoje estamos melhor e a evoluir a um bom ritmo, fruto de muito trabalho e sacrifício.”

Os Juvenis “B” jogam este sábado a 7ª jornada da AFL Divisão de Honra, frente ao 10º classificado GC Alcobaça, às 15h30 no Estádio Municipal de Alcobaça.